Volume de opções de Bitcoin bate recorde à medida que mineradores atingem ponto de equilíbrio

Os traders de derivativos de Bitcoin (BTC) mantiveram-se pessimistas durante o crash de segunda-feira, revelam dados – os volumes de opções atingiram um recorde de US$ 200 milhões.

Segundo dados coletados pelo recurso de monitoramento Skew Markets, a volatilidade que viu o BTC / USD descer para mínimos de dois meses, em US$ 7.625, provocou um aumento nas negociações de opções.

Opções de BTC perto de US$ 200 milhões por dia

O volume agregado do CME Group e as exchanges como Deribit e OKEx, totalizaram US$ 198 milhões no início da semana. O número supera facilmente o recorde anterior de cerca de US$ 175 milhões em fevereiro.Bitcoin options volume. Source: Skew

Volume de opções de Bitcoin. Fonte: Skew

Desde então, a volatilidade viu o Bitcoin ultrapassar US$ 8.000 antes de apagar seus ganhos na terça-feira, 10 de março, retornando a níveis em torno de US$ 7.800. Nos mercados tradicionais, o Dow Jones também reverteu o progresso.

US$ 8.000 é crítico para os mineradores

Os analistas permaneceram muito cautelosos com as perspectivas de curto prazo para o BTC / USD. A área em torno de US$ 8.000 permaneceu crítica, observou Charles Edwards, gerente de ativos digitais da Capriole, pois representa o custo médio de produção do Bitcoin para mineradores.

Após o halving de maio, ele disse, o custo de produção subirá para cerca de US$ 17.800, com US$ 8.000 sendo um piso de preços “pessimista” para o resto deste ano.

“Eu não definiria uma data específica, minha meta é para meados do final de 2020”, acrescentou Edwards.

Anteriormente, o Cointelegraph relatou que, mesmo com US$ 7.600, o Bitcoin teria o desempenho exatamente como esperado, de acordo com o modelo stock-to-flow, um de seus modelos de previsão de preços mais precisos do ponto de vista histórico.

Source